7 dicas para pessoas com deficiência conquistarem vagas de empregos

1) Muitas empresas deixam vagos os cargos para pessoas com deficiência por alegarem que não encontram mão de obra qualificada. Finalizar o Ensino Médio, inclusive por caminhos mais curtos como o programa Educação de Jovens e Adultos(EJA), abre portas para o diploma — e as oportunidades.

2) Se há dificuldade de deslocamento, o Ensino a Distância (EAD) pode ser uma opção mais confortável (e barata) para finalizar os ensinos Fundamental, Médio e Superior.

Crédito de imagem: Governo Federal.

3) Especializar-se em tarefas específicas como atendimento, assistência administrativa e informática é ainda mais importante para quem tem deficiência, uma vez que poucas empresas oferecem programa de treinamentos.

4) A experiência costuma ser uma lacuna nos currículos de quem tem deficiência, portanto, foque nos seus cursos e suas competências emocionais: determinação, facilidade de trabalhar em equipe e abertura para novos desafios são alguns exemplos.

5) Busque apoio de instituições como ONGs e associações que promovam cursos específicos para quem tem deficiência e tenham proximidade com empresas mais abertas a sua contratação.

6) Informe-se sobre as melhores companhias em termos de oferta de vagas e condições de trabalho para pessoas com deficiência e direcione a elas seu esforço para buscar o emprego. Em geral, elas costumam ter vagas abertas.

7) Deixe claro ao empregador que o transporte e seu deslocamento não serão uma barreira. Prepare-se para quando tiver de enfrentar condições meteorológicas adversas.

Fontes: Cezar Antonio Tegon, presidente do Elancers Corporate e do site Vagas Online e Iara Luciana Coromberque, gestora de Recursos Humanos da Associação Canoense de Deficientes Físicos (Acadef).

Matéria publicada no Gaucha ZH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *